A vida na Terra seria apenas um grão de areia perante o infinito Universo e as suas possibilidades?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A vida na Terra seria apenas um grão de areia perante o infinito Universo e as suas possibilidades?

Mensagem  Karl Marx em Ter Abr 01, 2008 5:49 pm

Ou tudo e todos teriam se organizado com o intuito de dar origem a vida humana? Se analisarmos o nosso sistema solar tudo está perfeitamente colocado desde a distância da Terra ao Sol e a existência dos grandes planetas que impedem meteoros de colidirem com a Terra para que a vida florescesse neste Planeta e o Planeta por sua vez parece como se fosse uma casa construída para agregar os moradores, está tudo perfeito para a vida do Homem. Seria uma teoria aceitável a de que todo o Universo se organizou de forma a dar origem à vida dos Homens ou seria muito antropocentrismo e ego inflamado essa teoria?
avatar
Karl Marx
Admin

Mensagens : 123
Data de inscrição : 27/03/2008

Ver perfil do usuário http://pensamento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A vida na Terra seria apenas um grão de areia perante o infinito Universo e as suas possibilidades?

Mensagem  Sérgio Bantam em Ter Abr 01, 2008 10:58 pm

Repito mais uma vez:
A vida, a consciência, o pensamento, a fenomênica geral e a natureza, jamais poderiam ter sido criadas pelo acaso. Não há dúvida que um poder muito maior dirige tudo para uma evolução que se consagra pela lógica e pela consciência em expansão! Tudo o que é ridículo nosso senso reprova, esperando coro numa lógica que se sustente em uma compensação justa e positiva.
O planeta com sua diversidade biológica oriunda de Leis evolucionárias semi-desvendadas e incontroversas diante dalógica plena, é um exemplo do que a natureza pode gerar com perfeição. A vida biológica diversa e abundante irradia todo seu poder apagando o cinza de qualquer suposição humana! O colorido e o esplendor da natureza excelsa é a maior prova de que algo maior permeia a Creação. Não seria demais esperar que tudo isso fosse obra de algo muito maior que até mesmo à nossa consicência tivessse edificado. A estruturação do Universo parece possuir em seu âmago uma codificação que se remonta no sentido de dar vazão a esse esplendor imanente da natureza. Dos âmagos estelares repletos de reações nucleares de fusão, gerando todos os 92 elementos químicos a partir do Hidrogênio que queima a milhões de graus e posteriormente vindo a se constituirem, mais tarde, em planetas frios com todas as possibilidades de gerarem uma biosfera favorável à vida é com certeza uma intenção premeditada do Cosmo!
Parece que a paisagem já está perfeita cabendo ao homem se equilibrar e aproveitar o que a natureza pode dar sem ofendê-la!
Creio que se hoje fôssemos uma população de no máximo 500 milhões de seres, todos alimentados, todos esclarecidos e todos imbuídos do mesmo escopo, o mundo seria um Parnassum.
Mas essa possibilidade não pode ser única diante da imensidão do Universo! Com certeza há outros planetas, com outras formas de vida inteligente e com tanta exuberância possível quanto aqui, pois a identidade do Demiurgo permeia toda a Creação. Esse outros paraísos podem ter os seus "homens" semeljantes a répteis, pássaros, peixes ou outra formas diversas e inusitadas, mas com certeza inteligentes e tão sonhadoras como nós.
Creio que tudo o que possamos imaginar seja passivo de existir! Portanto, toda essa maravilha deve ser aproveitada enquanto há tempo de se salvar a biosfera das nossas ações isensatas. Perder tudo isso pela caudalosa força do velho hábito do sexo, drogas e rock and roll é uma estupidez muito grande! Talvez seja nosso último milênio nessa planeta!
Que pena!
avatar
Sérgio Bantam
Admin

Mensagens : 108
Data de inscrição : 29/03/2008
Idade : 56
Localização : Sorocaba/ São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Com certeza muito menor, que um grão de areia.

Mensagem  Sandro em Qua Abr 02, 2008 1:20 am

Aí! Em comparativo com o Universo seria qual um quase inexistente, veja exposição abaixo:
ALGUNS NÚMEROS PARA COMPARAÇÃO.
Fios de cabelo na cabeça humana - 160 a 170 mil.
Estrelas na Via Láctea - 200 a 500 bilhões.
Galáxias no Universo - 1500 a 2500 bilhões.
Células no corpo humano - 50.000 bilhões.
Estrelas no Universo - mais de 100 trilhões de bilhões.
Emfim nada somos, e por tal afirmo ter outros tipos de vidas, acredite não estamos sós, pode ter certeza disto, esta é minha opinião.
Sandro.
avatar
Sandro

Mensagens : 1
Data de inscrição : 02/04/2008
Idade : 45
Localização : Rio de Janeiro.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A vida na Terra seria apenas um grão de areia perante o infinito Universo e as suas possibilidades?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum